Valorização do staff torna forte bastidor celeste

Premiação de dirigentes mostra 2013 de glórias do Cruzeiro, que pretende repetir feito no Brasileirão e vencer Copa do Brasil

iG Minas Gerais | GUILHERME GUIMARÃES E BRUNO TRINDADE |

Apesar de confirmar a negociação, Alexandre Mattos ainda não a dá como certa
Washington Alves/VIPCOMM
Apesar de confirmar a negociação, Alexandre Mattos ainda não a dá como certa

O ano de 2013 ficará marcado na história do Cruzeiro, que venceu o terceiro Campeonato Brasileiro de sua história e chamou a atenção de todo o país pela volta por cima que o clube deu. Principalmente com a retomada de força nos bastidores da bola.

Para voltar a seguir o caminho das conquistas, a Raposa precisou passar por uma grande reformulação administrativa. De clube com pouca arrecadação e com dificuldades financeiras, entre 2011 e 2012, a agremiação celeste virou o jogo e colhe bons frutos.

Personagens fundamentais na retomada celeste, dois diretores estrelados receberam nesta semana importantes prêmios. Alexandre Mattos e Marcone Barbosa foram escolhidos, em eleição da Brasil Sports Market, projeto da Pluri Consultoria e da Trevisan Escolas de Negócios – entidades voltadas para o mercado esportivo –, como os melhores executivos do futebol nacional.

Um dos responsáveis por formar o elenco campeão nacional – e que luta por mais títulos em 2014 –, o diretor de futebol Alexandre Mattos foi eleito o melhor executivo do Brasil no ramo futebolístico. “Sabemos que não vencemos nada sozinhos. Várias pessoas ajudaram para que eu chegasse a essa conquista. O Cruzeiro é que conseguiu o sucesso pela unidade que tem”, disse Mattos, eleito pelo voto popular e da crítica especializada.

Já Marcone Barbosa ficou em segundo lugar dentre os dirigentes ligados à área do marketing esportivo. Sem o topo do pódio na votação realizada por 45 jornalistas especializados e profissionais do mercado, Barbosa, pelo menos no voto popular, se igualou a Mattos. “Um prêmio que significa muito, mesmo sendo o segundo lugar. Sou jovem e tenho muito tempo para progredir.

Na votação popular eu e o Alexandre ganhamos. Mostra que a torcida do Cruzeiro percebe o valor no trabalho feito”, avaliou Barbosa, diretor de marketing do Cruzeiro. Mattos justificou o seu prêmio dizendo ter prazer em recolocar o Cruzeiro nos trilhos. “O maior título que eu consegui foi, por meio de muito trabalho, recolocar o Cruzeiro na normalidade de disputa de títulos, com jogadores sendo observados por equipes de todo o mundo. O clube estava um pouco adormecido pelas dificuldades financeiras. Agora, voltou com muita força”, ressaltou.

Quando chegou ao Cruzeiro, Mattos teve sua contratação questionada, mas conseguiu provar seu valor.