iPhone sem impostos na Fnac ainda não existe

Aparelho seria vendido sem impostos se a Receita Federal tivesse dado aprovação ao pedido da Fnac para cadastro como parte da Zona Franca do aeroporto, o que não aconteceu

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Preços do iPhone 5S são até 20% maiores que os preços de lançamento do iPhone 5, no ano passado
Apple/Divulgação
Preços do iPhone 5S são até 20% maiores que os preços de lançamento do iPhone 5, no ano passado

Sabe o iPhone sem impostos que seria vendido na Fnac do Aeroporto de Guarulhos (SP)? Pois é. Não existe. Na semana passada, a loja anunciou que venderia diversos produtos importados sem o valor dos impostos, comuns no resto do país. O diferencial seria possível se a Receita Federal tivesse dado aprovação ao pedido da Fnac para cadastro como parte da Zona Franca do aeroporto. Adivinhem: isso não aconteceu.

Segundo reportagem do jornal Folha de S. Paulo, a Fnac do aeroporto não recebeu a autorização e permanece, assim, vendendo tudo com o “preço Brasil”. De acordo com a matéria, um dos funcionários da loja contou que uma fila chegou a se formar na Fnac, no primeiro dia em que a loja supostamente praticaria os preços sem impostos. O iPhone mais barato, porém, não encontrado.

Assim, os valores que estão sendo vistos por lá para alguns produtos são até mais caros do que na loja virtual da própria Fnac. A Receita Federal não quis comentar ao jornal sobre o pedido da loja para operar como Zona Franca e não há previsão para quando a liberação poderá acontecer.

 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave