Serão nove meses a partir das licenças

A diretoria da Amil, durante a reunião ocorrida no último sábado com o presidente da Fundação Medioli, o empresário Vittorio Medioli, avaliou que o novo hospital poderá iniciar suas operações nove meses a partir da aquisição de todas as licenças necessárias

iG Minas Gerais | Da Redação |

A diretoria da Amil, durante a reunião ocorrida no último sábado com o presidente da Fundação Medioli, o empresário Vittorio Medioli, avaliou que o novo hospital poderá iniciar suas operações nove meses a partir da aquisição de todas as licenças necessárias.

O processo, a partir de agora, envolve uma força-tarefa capaz de diminuir a burocracia e agilizar a liberação para a compra do terreno.

Já os grupos de ensino privado contactados pela Fundação Medioli avaliaram que o futuro Centro de Referencia à Saúde de Betim será o mais adequado e de mais fácil acesso em todo o Estado de Minas Gerais.

Além de sua posição geográfica estratégica, capaz de atender a Betim e às cidades limítrofes, o local ainda é alimentado pela Via Expressa, a BR–381 e também pela avenida Marco Tulio Isac. As condições facilitam não só a implantação dos hospitais e das unidades de ensino como também beneficiam a população, que, enfim, poderá ter esperança de um sistema de saúde mais eficiente.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave