Empresários cobram propostas

iG Minas Gerais | Helenice Laguardia |

A presença dos pré-candidatos ao governo de Minas Fernando Pimentel (PT) e Pimenta da Veiga (PSDB) deu um tom político ao “Dia da Indústria 2014”, realizado ontem pela Federação das Indústrias de Minas (Fiemg) no Expominas.  

Em seu discurso, o presidente da Fiemg, Olavo Machado, disse que “o partido dos empresários é Minas Gerais”. “Os candidatos que vamos escolher em outubro serão aqueles nos quais identifiquemos claro compromisso com Minas, com os mineiros e com os interesses do nosso Estado”.

Machado deu pistas do que os empresários mineiros esperam do próximo governador. “O que a maioria dos empresários almeja é desfazer-se do seu negócio para se livrar de uma carga tributária abusiva”, disse, ouvindo promessas vagas.

Pimentel afirmou que Minas é o “Estado da industrialização inconclusa”. “Agora é colocar a indústria no século XXI”. Já Pimenta da Veiga disse que tem “confiança que a indústria vai se diversificar nos cenários mineiro e nacional”. 

Demandas

Setor. Os pré-candidatos também ouviram reclamação sobre a falta de crédito e a legislação trabalhista “arcaica”, que penaliza empregados e empregadores.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave