Charles Gavin volta com álbuns clássicos

Nova temporada da atração conta a história de “Ideologia”, disco de Cazuza

iG Minas Gerais | da redação |

Mãe de Cazuza, Lucinha Araújo é personagem da estreia
CANAL BRASIL/DIVULGAÇÃO
Mãe de Cazuza, Lucinha Araújo é personagem da estreia

A partir de hoje, Charles Gavin volta a desvendar histórias da MPB por meio de discos emblemáticos na nova temporada de “O Som do Vinil”, que vai ao ar às 21h30, no Canal Brasil. A oitava temporada da atração conta com 26 episódios no total, com direção de Gabriela Gastal e do próprio Gavin.

Considerado um dos principais discos da carreira de Cazuza, “Ideologia” será tema do episódio de estreia. As gravações foram tão representativas que renderam material também para um segundo episódio. “Foi tudo muito especial, com depoimentos de Lucinha (Araújo, mãe de Cazuza) e Nilo Romero, envolvidos diretamente com esse trabalho. Achamos fundamental dividi-lo em dois para dar ao disco a atenção que merece”, conta Gavin sobre o álbum, lançado em 1988, com os hits “Brasil”, “Faz Parte do Meu Show” e a faixa-título.

“O Som do Vinil” também abordará obras como “Axé!”, de Candeia; “Sobre Todas as Coisas”, de Zizi Possi; “Passaredo”, de Francis Hime; e “SLA 2 Be Sample”, de Fernanda Abreu. “O programa é atual, pois o vinil tem uma relevância muito interessante hoje em dia, diferente do que houve no passado. Hoje, é importante para um artista lançar o seu trabalho nesse formato, pois dá à obra um contexto diferente”, conta o apresentador.

Trabalhos mais recentes também figuram entre os retratados na nova temporada. “Apesar de ser um programa de resgate, não podemos ficar alheios a novidades”, justifica o anfitrião. Assim, “Tudo Tanto” (Tulipa Ruiz), “Sintoniza Lá” (BNegão) e o segundo disco da banda carioca Tono também ganham uma análise mais aprofundada no programa. “Isso é importante, porque mostra que um disco não precisa de muito tempo para virar clássico”, destaca Gavin.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave