PRF apreende 472 kg de maconha na BR–262

Dupla, que já tinha passagem pela polícia, também foi flagrada com 350 munições

iG Minas Gerais | Evandro Teles |



Ousadia. 
Quantidade era tão grande que homens nem a esconderam
Ousadia. Quantidade era tão grande que homens nem a esconderam

 

Policiais rodoviários federais que trabalham no posto de Betim, situado na BR–381, prenderam dois homens com 472 kg de maconha e 350 munições de diversos calibre que estavam escondidos em um carro. Essa foi a maior apreensão realizada pela PRF em Betim neste ano. “Fazíamos patrulhamento na BR–262 com o objetivo de coibir uma quadrilha de roubo de carga quando, na altura do KM 360, em Juatuba, encontramos os suspeitos. Eles estavam em um veículo Celta, com placa de Ponte Nova (MG), e em um Meriva, com placa de Ribeirão Preto (SP)”, explicou um dos agentes da PRF que atenderam à ocorrência.   Os suspeitos Bruno Florentino de Souza e Wallace Vinícius de Oliveira Santos se comunicavam por meio de rádio quando chamaram a atenção dos inspetores da PRF. Ainda segundo os agentes, o Celta seguia à frente, como um “batedor”, enquanto o Meriva transportava a maconha e as munições, de calibres .44, 9 mm, 32 e 28.   De acordo com os suspeitos, que, segundo a PRF, têm passagens pela polícia por diversos crimes, inclusive tráfico de drogas, eles traziam a droga do Mato Grosso do Sul e a entregariam a terceiros em um posto de combustível da Grande BH.    A dupla, que foi autuada em flagrante e levada para a sede da Polícia Federal em Belo Horizonte, vai responder na Justiça por tráfico internacional de droga e armas.   Pela rota feita pela dupla, agentes da PRF acreditam que a droga tenha vindo do Paraguai. A quantidade de maconha era tão grande que os suspeitos nem tiveram a preocupação de escondê-la. “Ela estava praticamente no banco de trás do Meriva”, disse um agente da PRF.  

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave