Greve da Polícia Militar no Recife adia jogos do Brasileirão

Sport x Bahia e Náutico x Vasco tiveram data alterada pela CBF, e Federação Pernambucana de Futebol nem chegou a funcionar nesta quinta

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

A greve da Polícia Militar em Recife continua a fazer vítimas e se reflete em vários setores na cidade. Nesta quinta-feira, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) publicou o adiamento das partidas do Sport (contra o Bahia), pela série A, e do Náutico (contra o vasco), pela B. A entidade não comunicou o motivo da mudança na data, mas a falta de segurança pública é um motivo que deixa em alerta a confederação.

No site oficial da Federação Pernambucana de Futebol (FPF), o órgão que rege o futebol regional informa que nada funcionou nesta quinta. “Em virtude dos últimos acontecimentos, a greve da Polícia Militar e as mobilizações no centro do Recife, não haverá expediente na nesta quinta-feira (15). O TJD-PE também não funcionará. Os julgamentos serão remarcados”, explica o comunicado.

A partida que valia a série B do Brasileirão estava programada para acontecer neste sábado, às 16h20, está remarcado para o dia 6 de junho, às 21h, ainda no Aflitos. O outro duelo, em que o Leão recebe o Bahia, aconteceria neste domingo, às 16h, mas foi adiado para o dia 4 de junho, às 21h.