Manifestantes pregam cruzes em canteiro do estádio Mané Garrincha

De acordo com a Polícia Militar do Distrito Federal, de 150 a 200 pessoas participam do ato contra a Copa do Mundo da Fifa

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Integrantes do Comitê Popular da Copa estão pregaram cruzes na noite desta quinta-feira (15) num canteiro próximo ao Estádio Nacional Mané Garrincha, em Brasília, em homenagem aos nove operários mortos nas obras dos estádios da Copa do Mundo. De acordo com a Polícia Militar do Distrito Federal, de 150 a 200 pessoas participam do ato.

A manifestação segue pacífica. O trânsito no Eixo Monumental já foi liberado. Apenas uma via de acesso ao estádio está interditada. Um total de 400 policiais participa da operação de segurança, efetivo maior que o número de manifestantes.

Os manifestantes começaram a se concentrar às 16h na Rodoviária do Plano Piloto, onde entregaram panfletos e gritaram palavras de ordem. Por volta das 18h, eles marcharam em direção ao estádio, ocupando duas faixas do Eixo Monumental.

Segundo Thiago Ávila, integrante do Comitê Popular da Copa, este é apenas o primeiro de uma série de protestos na capital federal. “Planejamentos atos em todos os dias de jogos em Brasília, sempre com um fogo de protesto diferente”, declarou. A manifestação teve o reforço de partidos políticos e sindicatos.

Com Agência Brasil 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave