Em SP, manifestantes voltam a bloquear a Paulista

O grupo é formado por cerca de 100 funcionários de uma empresa que prestava serviço a um telecentro; alegam que foram demitidos e não receberam os direitos trabalhistas

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Manifestantes voltaram a bloquear a Avenida Paulista no sentido Consolação por volta das 16h30 desta quinta-feira (15). O grupo é formado por cerca de 100 funcionários de uma empresa privada que prestava serviço a um telecentro da Prefeitura de São Paulo. Eles alegam que foram demitidos e não receberam os direitos trabalhistas. Ao mesmo tempo, algumas pessoas começaram a se concentrar na Praça do Ciclista e no Masp, também na Paulista. A sétima manifestação contra a Copa tem início marcado às 17h.

Professores municipais que estão em frente à Secretaria Municipal da Educação, na Vila Mariana (zona sul da capital), devem seguir em passeata pela Avenida 23 de Maio até a Prefeitura, na região central da cidade. Por volta das 16h15, representantes do Sinpeem, principal sindicato da categoria, negociavam com o secretário Cesar Callegari. A principal reivindicação é pela incorporação imediata de bônus de 15,38% para profissionais que recebem o piso salarial, anunciado pela Prefeitura há uma semana.  

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave