Move da Antônio Carlos começa a rodar neste sábado, garante BHTrans

Mesmo com a estação ainda em obras, a prefeitura informou que o funcionamento do serviço não irá gerar riscos para os usuários

iG Minas Gerais | LUIZA MUZZI |

Região Centro-Sul. Motoristas tiveram dificuldade em fazer curva na avenida Getúlio Vargas com rua Professor Moraes, na Savassi
FERNANDA CARVALHO / O TEMPO
Região Centro-Sul. Motoristas tiveram dificuldade em fazer curva na avenida Getúlio Vargas com rua Professor Moraes, na Savassi

Em visita guiada com a imprensa à Estação Pampulha, na manhã desta quinta-feira (15), a Superintendência de Desenvolvimento da Capital (Sudecap) e a Empresa de Transportes e Trânsito de Belo Horizonte (BHTrans) garantiram que o Move (nome dado ao BRT de Belo Horizonte) da avenida Antônio Carlos começará a funcionar no sábado (17), mesmo com a estação ainda em obras. Apesar dos transtornos, a prefeitura afirmou que não haverá riscos para os usuários.

“Todas as edificações em obras estão isoladas e não vão trazer nenhum perigo para a população”, disse o diretor de obras da Sudecap, Cláudio Marcos Neto. Segundo o diretor, a estação está 80% concluída, e a previsão é que esteja toda pronta até o final de junho. Até lá, passageiros terão que conviver com operários trabalhando em acessos ainda inacabados.

De acordo com a BHTrans, cerca de 40 mil pessoas serão atendidas na nova Estação Pampulha em um primeiro momento. "São pessoas oriundas dos bairros ao norte da lagoa da Pampulha, como o Céu Azul, Copacabana e Jardim Atlântico. Nas etapas subsequentes vamos atender moradores do outro lado e, em seguida dos bairros às margens da avenida Pedro I. Assim, ao longo de três semanas, colocaremos essa estação em pleno funcionamento", garantiu o presidente da BHTrans, Ramon Victor Cesar.

No sábado começarão a funcionar as linhas troncais 50 (Estação Pampulha/Centro Direta - sem parar nas estações), a 51 (Estação Pampulha/Centro, Área Hospitalar Paradora - que para nas estações) e 52 (Estação Pampulha/Lagoinha - que não vai entrar na região central). Além disso, oito linhas que operam atualmente serão extintas e substituídas por sete novas alimentadoras (do bairro à Estação Pampulha). 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave