Mendieta justifica desabafo após gol pelo Palmeiras

Paraguaio fez gesto pedindo à torcida que fizesse silêncio: "foi uma comemoração para quem vem para xingar, e não torcer", disse o atleta

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Palmeirenses comemoraram 3 a 0, resultado que deixou o clube à frente com o Avaí na próxima fase
CESAR GRECO/AGÊNCIA PALMEIRAS/DIVULGAÇÃO
Palmeirenses comemoraram 3 a 0, resultado que deixou o clube à frente com o Avaí na próxima fase

Mendieta é o típico jogador calado e que foge de polêmica. Mas na partida contra o Sampaio Corrêa, ele fugiu à regra, e na comemoração de seu gol (o primeiro da vitória por 3 a 0), ele fez um gesto como se mandasse a torcida ficar quieta. Após a partida de quarta-feira, mais calmo, o paraguaio explicou o ato e disse que foi um caso isolado.

"Fiz o gesto para uns três ou quatro torcedores que estavam xingando desde o início. Foi uma comemoração para quem vem para xingar e não torcer para o Palmeiras. Todos os jogadores estão fazendo um bom trabalho para ganhar os jogos e também tem o torcedor que vem apoiar sempre", disse o meia, que na comemoração foi contido por alguns companheiros de time.

De fato, Mendieta estava sendo bastante criticado, mas para evitar polêmica, ele pediu desculpas pelo ato. "Foi um caso isolado. Peço desculpas à torcida do Palmeiras, que é uma torcida única e que sempre nos apoia", explicou o paraguaio, que teve uma oportunidade de substituir Valdivia e a tendência é que ele seja mantido no time titular.

O paraguaio contou que teve uma conversa com o técnico interino Alberto Valentim para ter maior liberdade em campo. "Falei muito com o Alberto e ele me disse para eu jogar onde me sinto mais cômodo. É importante falar com o professor para melhorar o time e o futebol de cada um. Agora é manter o nível alto", projetou.

Leia tudo sobre: mendietaparaguaiocopa do brasilsampaio côrreatorcida