Triste por seleção, Miranda diz focar Atlético de Madrid

Zagueiro confessou frustração por não ter sido chamado para defender o Brasil na Copa, mas garante que está concentrado no seu time

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

DIVULGAÇÃO/ATLÉTICO DE MADRID
undefined

O zagueiro Miranda admitiu nesta quinta-feira que ficou chateado com o fato de não ter sido incluído no grupo de 23 jogadores convocados pelo técnico Luiz Felipe Scolari para defender o Brasil na Copa do Mundo. Lembrando apenas para fazer parte da lista de espera que conta com outros seis atletas que só disputarão o Mundial em caso de lesão de um ou outro atleta inicialmente chamado, o defensor ressaltou, porém, que hoje só está focado no Atlético de Madrid.

O clube terá a chance de se sagrar campeão espanhol neste sábado quando enfrentará o Barcelona, no Camp Nou, precisando de um empate para levantar a taça. Para completar, o time enfrentará o Real Madrid na final da Liga dos Campeões, no próximo dia 24, em Lisboa, no clássico que definirá o grande vencedor da temporada europeia.

"Fiquei triste (por não ter sido convocado), mas só penso no clube estou dia a dia. Vivo o que está acontecendo aqui e só penso nestas duas finais que temos de ganhar", disse o brasileiro, minimizando o peso de o Atlético de Madrid ter eliminado o Barça nas quartas de final desta Liga dos Campeões.

"A partida de volta da Liga dos Campeões foi diferente. Jogamos em casa e é certo que em sua casa o Barcelona será forte. Temos que estar fortes e seguros atrás para logo tentarmos marcar um gol", projetou Miranda, assegurando também que Diego Costa estará fisicamente recuperado para mostrar a sua condição de goleador, depois de ter desfalcado a equipe no empate por 1 a 1 com o Málaga, no último domingo, por causa de lesão. "Costa está pronto e com muita vontade de jogar. Nem pensamos em perder essa oportunidade", completou, confiante na conquista do título.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave