Gustavão revela ansiedade em sua primeiro torneio pela seleção

Central de 2,15m teve trabalho reconhecido após terminar a última Superliga como melhor bloqueador

iG Minas Gerais | DANIEL OTTONI |

Gustavão esteve em Belo Horizonte na final da Superliga para receber prêmio de melhor bloqueador
ALEXANDRE ARRUDA - CBV
Gustavão esteve em Belo Horizonte na final da Superliga para receber prêmio de melhor bloqueador

Uma das surpresas na lista da seleção brasileira masculina de vôlei para a Liga Mundial 2014 foi o central Gustavão, do Brasil Kirin-SP. O meio-de-rede fez uma bela Superliga por sua equipe, que terminou a competição na terceira posição, a melhor de sua história. O jogador foi eleito, ao final da competição, o melhor bloqueador, o que lhe rendeu o convite para sua estreia pelo time verde-amarelo.

Com o trabalho reconhecido, Gustavão chega para fazer concorrência frente a duas referências da posição, Lucão e Sidão. Com 2,15m, ele pode ser uma das armas do técnico Bernardinho para quando o time precisar de um bloqueio alto e poderoso.

"Estou muito motivado para essa competição. É muito bom treinar e jogar com esse grupo campeão. Sentir um pouco de nervosismo é normal, mas me preparei durante a minha carreira para suportar isso. Joguei ao lado de muito desses jogadores e esse momento é especial", revela o central.

Uma das inspirações de Gustavão na posição foi seu adversário dentro das quadras na última Superliga. O momento agora é de correr atrás para que seu talento seja reconhecido, assim como aconteceu com quem lhe serviu de exemplo.

"Sempre me inspirei no Gustavo Endres. Ele é o meu maior ídolo no esporte. Quando treinei com ele pela primeira vez tentava imitar todos os seus movimentos", lembra o atleta campineiro.

O Brasil estreia na Liga Mundial no dia 23 de maio, em Jaraguá do Sul (SC), contra a Itália. Irã e Polônia também fazem parte do grupo A. Atualmente, o grupo treina em Saquarema-RJ.