Professores assaltados na estrada a caminho de protesto em BH

Os professores do Sind-Ute/MG seguiam de Ituiutaba para Belo Horizonte quando foram surpreendidos por três assaltantes na MGC-452, próximo ao trevo de Perdizes

iG Minas Gerais | BERNARDO ALMEIDA |

Três homens assaltaram um ônibus com professores durante a madrugada desta quinta-feira (15). Os assaltantes usavam camisas no rosto e ainda não foram identificados.

O ônibus da viação Boa Viagem saiu de Ituiutaba, no Triângulo Mineiro, e seguia para Belo Horizonte com professores do Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais (Sind-UTE/MG). Eles participarão de uma assembleia da categoria na tarde desta quinta, na praça da Assembleia Legislativa de Minas Gerais.

Além dos 18 professores, 2 motoristas estavam no ônibus e, por volta das 2h, próximo ao trevo de Perdizes, no KM 249 da MGC-452, eles foram surpreendidos por um carro branco que emparelhou com o ônibus. Os ocupantes do carro começaram a atirar para cima, e um dos tiros foi disparado em direção ao parabrisa do ônibus, o que fez com que o motorista parasse.

Um dos homens saiu do carro e entrou no ônibus, forçando-o a seguir o veículo branco por uma estrada vicinal, por cerca de 500 metros. Ele então mandou o ônibus parar, enquanto outro assaltante entrava e um terceiro aguardava do lado de fora. Os três criminosos estavam armados com revólveres e armas longas, provavelmente de calibre 12.

Segundo o cabo Jean, da 5ª Cia de Polícia Militar Independente de Meio Ambiente e Trânsito, os ladrões roubaram bijuterias, relógios, uma sacola de roupas e um valor em dinheiro ainda não contabilizado pela polícia. Em seguida, eles saíram e ameaçaram os motoristas para que não saíssem do local durante a próxima hora. Um dos motoristas andou de volta até a rodovia, onde pegou carona com um ônibus da viação Gontijo e seguiu para o município de Santa Juliana, onde acionou a polícia. O outro motorista levou o ônibus assaltado com os passageiros para Perdizes.

O ônibus seguiu viagem posteriormente e chegou de manhã a Belo Horizonte.

Criminosos não identificados

Segundo a PM, as vítimas relataram que, além do tiro no parabrisa, um dos criminosos atirou dentro do ônibus, em direção ao teto, para amedrontar. O homem usava um camisa no rosto, e foi descrito como alto, magro, moreno claro, vestindo uma camisa cinza de manga comprida e com idade entre 18 e 20 anos. Ele demonstrava bastante tranquilidade durante o assalto, e falava de maneira bastante formal, sem o uso de gírias.

O outro criminoso que entrou no ônibus só foi descrito como baixo e franzino. O terceiro ladrão, que aguardava do lado de fora do veículo durante o assalto, estava exaltado, e pedia aos outros dois que fossem embora logo, já que não havia produtos de muito valor com os passageiros.

Leia tudo sobre: ItuiutabaPerdizesSanta Juliana