Bombeiros farão simulação de emergência com 200 pessoas

iG Minas Gerais | Thiago Nogueira |

Atendimento. Estudante que caiu de um viaduto recebeu primeiros socorros de um Posto Médico Avançado (PMA)
MARIELA GUIMARÃES - 26.6.2013
Atendimento. Estudante que caiu de um viaduto recebeu primeiros socorros de um Posto Médico Avançado (PMA)

No próximo dia 23, o Corpo de Bombeiros fará uma simulação de situação de emergência no Mineirão com a participação de 200 pessoas. Será o último grande teste de segurança do estádio antes da Copa do Mundo. Documentado pelo Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros, a nova arena tem estimada em seu projeto a capacidade de evacuação total em apenas oito minutos.

Assim como aconteceu na Copa das Confederações, os Bombeiros vão trabalhar nas arquibancadas em parceria com brigadistas de empresas contratadas. Serão 68 homens por partida, número que é maior do que em jogos de competições nacionais. “O risco de incêndio no Mineirão é bastante pequeno. Fizemos simulações em software das saídas de emergência. Elas não chegam a 100%, mas estão próximas disso. E estaremos atentos especialmente nesses locais”, ressalta o subcomandante do 3º Batalhão de Bombeiros, major Sérgio Ferreira. Na realização da Fan Fest, no Expominas, região Oeste da capital serão recrutados outros 44 homens. Saúde. Paralelamente às ações dos Bombeiros, os profissionais de saúde também estarão em ação durante a Copa do Mundo. Na esplanada do Mineirão, serão instalados postos médicos avançados (PMAs) nos seis dias de jogos. O plantão será de 12 horas, com sete médicos, três enfermeiros e dez auxiliares de enfermagem. Como ficará dentro da área de segurança do estádio, os PMAs poderão ser acionados até por manifestantes feridos em caso de confrontos ou brigas. No ano passado, o jovem Douglas Henrique Oliveira, que caiu do viaduto José Alencar durante protesto no dia da semifinal entre Brasil e Uruguai, recebeu os primeiros socorros no local. Para o Mundial, o Estado também vai estrear o helicóptero biturbina destinado exclusivamente a serviços aeromédicos. A aeronave, que está em Itajubá, no Sul de Minas, chegará a Belo Horizonte nos próximos dias.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave