Ônibus terão pista exclusiva

iG Minas Gerais | Thiago Nogueira |

Do outro norte do estádio, a chegada dos ônibus será facilitada pelas pistas centrais da avenida Antônio Carlos, que serão isoladas e exclusivamente destinadas aos ônibus dos torcedores e dos usuários do Move (nome dado ao BRT da capital). As pistas laterais ficam destinadas ao fluxo de carros e de possíveis manifestantes que se deslocarem para a região.  

“O que se pretende é que se isole o perímetro. A teoria é uma coisa, temos que ver na prática. Se tiver confronto, teremos que estudar uma rota alternativa para os ônibus”, avaliou o chefe do departamento de Comunicação da Polícia Militar, tenente-coronel Alberto Luiz Alves.

O desembarque – e posterior embarque para a volta – acontece nas ruas dos bairros São Luiz e São José, que ficarão isolados, com acesso restrito aos moradores. Na Copa das Confederações, no ano passado, quarteirões da avenida Coronel José Dias Bicalho foram destinados ao pontos dos Terminais Copa (veja ao lado a previsão do plano de mobilidade para a região do entorno do Mineirão).

Toda a movimentação no entorno do estádio será acompanhada em tempo real pelo Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), na Cidade Administrativa, pelas câmeras de monitoramento na região. Qualquer mudança de estratégia pode ser tomada na hora.

A operação da Polícia Militar para a Copa começa no dia 23 de junho e atenderá áreas de interesses do evento, as manifestações populares, as possíveis crises e contingências, sem deixar de fazer o atendimento normal da população. Só para o Mundial, serão recrutados 12.185 policiais na capital, de Sete Lagoas e de Vespasiano. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave