Feirão da casa própria em BH tem mais de 21 mil imóveis

Quem quiser comprar deve levar identidade, CPF e comprovante de renda

iG Minas Gerais | Juliana Gontijo |


Milhares de negócios são assinados durante o feirão, todo ano
ALEX DE JESUS/O TEMPO
Milhares de negócios são assinados durante o feirão, todo ano

Começa amanhã a décima edição do Feirão Caixa da Casa Própria em Belo Horizonte, no Expominas, região Oeste da capital. Além de mais de 21 mil imóveis, sendo 120 novos empreendimentos, o consumidor terá até domingo para contratar o financiamento imobiliário e poderá optar por pagar a primeira parcela em janeiro de 2015. A condição vale para os financiamentos com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE), tomados durante a realização do evento, no Feirão ou nas agências da Caixa.

O superintendente da Caixa em Belo Horizonte, Marx Fernandes dos Santos, explica que o financiamento do imóvel escolhido é feito no mesmo dia. “Reunimos praticidade e comodidade para o cliente há dez anos”, diz. O feirão contará com 51 construtoras, 30 imobiliárias e correspondentes imobiliários da Caixa.

Em 2013, foram assinados e encaminhados 7.078 negócios, o equivalente a mais de R$ 1 bilhão. Amanhã e sábado, o horário de atendimento é das 10h às 20h. No domingo, último dia, vai das 10h às 18h.

Para solicitar o crédito para a casa própria no feirão, é necessário levar identidade, CPF e comprovante de renda. Os interessados também podem obter informações em agências da Caixa ou pelo serviço de atendimento, no 0800 726 0101.

Venda casada proibida na Caixa Atendendo pedido do Ministério Público Federal em Franca, a Justiça Federal concedeu tutela antecipada para impedir a Caixa Econômica Federal de exigir, pressionar, constranger ou impor aos pretendentes a financiamentos imobiliários a aquisição de outros produtos, como seguro de vida e título de capitalização. Para cada contrato em que se verificar descumprimento da decisão, a instituição deverá pagar multa no valor de R$ 10 mil. Além disso, para o pagamento de prestações do financiamento imobiliário, o banco somente poderá exigir abertura de conta corrente com serviços básicos e gratuitos. (Da redação)

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave