Portugal trará 250 kg de bacalhau

iG Minas Gerais |

Além do legítimo bacalhau português, a seleção europeia também trará ao Brasil embutidos típicos, vinho do Porto e arroz
carolino
ALEXANDRE GUZANSHE - 1.2.2008
Além do legítimo bacalhau português, a seleção europeia também trará ao Brasil embutidos típicos, vinho do Porto e arroz carolino

CAMPINAS, SÃO PAULO. Portugal faz de tudo para se sentir completamente em casa durante a Copa. A delegação europeia se prepara para não ser surpreendida na culinária. Por isso, os portugueses prometem levar ingredientes típicos do país para Campinas, cidade que receberá os “patrícios” durante o Mundial. O mais fino bacalhau e litros do famoso vinho do Porto estão na lista de prioridades, assim como outras iguarias de preferência dos boleiros.  

O consumo do bacalhau, aliás, promete ser intenso na estadia de Portugal no Brasil. Funcionários da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) querem levar 250 kg (o equivalente a dez caixas) na bagagem. A quantidade pode até aumentar: se os lusos chegarem à final, marcada para 13 de julho, mais 150 kg serão devorados. Isso não só em Campinas, mas em todas as cidades em que os europeus jogarem. Na primeira fase, eles viajam para Salvador, Manaus e Brasília.

DELÍCIAS PORTUGUESAS. Outros quitutes que a delegação trará na bagagem são o arroz carolino (típico para fazer arroz-doce) e mais alguns tipos de embutidos, como alheira (um embutido cujos ingredientes são carne e gordura de porco) e chouriço (feito com linguiça de porco, gordura e vinho). Nisso tudo, não falta espaço para o vinho do Porto, bebida intensamente consumida – talvez nem tanto no período dos jogos da Copa – pelos portugueses.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave