China Azul quer ver time mais agressivo do que no último jogo

Torcida celeste espera que o Cruzeiro pressione o adversário no ataque, do início ao fim do jogo

iG Minas Gerais | BRUNO TRINDADE |

O torcedor do Cruzeiro quer ver a equipe celeste com uma postura bem diferente da que mostrou no primeiro jogo contra o San Lorenzo, na Argentina. O que faltou em solo hermano, a China Azul quer ver sobrando no Mineirão para que o time conquiste a classificação às semifinais da Copa Libertadores.

Segundo o estudante Victor Hugo Santiago, 20 anos, o time tem que repetir as últimas boas atuações que teve fora de casa pelo torneio continental. “O Cruzeiro tem que jogar como jogou contra a Universidad de Chile e contra o Cerro Porteño, no Paraguai. Tem que jogar em cima, sem dar espaço para o adversário e chutar de fora da área. Estou confiante em uma vitória por 3 a 0 no tempo normal”, declarou.

A enfermeira Isabella Santana, 32 anos, quer ver um time mais incisivo em campo. “O time precisa atacar mais e ser mais agressivo do que foi no último jogo”, afirmou. O empresário Wellerson Rocha, 58 anos, também quer ver uma Raposa buscando o ataque, mas com cautela. “Tem que ter tranquilidade, priorizar o ataque, ser agressivo, mas com cautela e inteligência, sem se apavorar”, aconselhou.

Leia tudo sobre: torcidatimeagressivolibertadoresraposacruzeiro