Enfermeiros ficarão acampados na ALMG somente até esta quinta-feira

Manifestantes permanecerão na Assembleia até 15h desta quinta-feira (15), quando se juntarão à grande manifestação programada

iG Minas Gerais | JOSÉ VÍTOR CAMILO |

Audiência pública aconteceu nesta quarta-feira (14) reunindo deputados e diversos enfermeiros e estudantes de enfermagem
ASTHEMG/DIVULGAÇÃO
Audiência pública aconteceu nesta quarta-feira (14) reunindo deputados e diversos enfermeiros e estudantes de enfermagem

Buscando dar uma resposta mais rápida aos profissionais e estudantes enfermagem, que estão acampados em frente à Assembleia Legislativa de Belo Horizonte, aconteceu na tarde desta quarta-feira (14) uma audiência pública que discutiu a situação da categoria. Segundo a Associação Sindical dos Trabalhadores em Hospitais de Minas Gerais (Asthemg), a audiência terminou de forma positiva para a classe, que ficará acampada no local até as 15h desta quinta-feira (15). 

A audiência pública visava discutir o projeto de lei (PL) 3.195, que cria o piso estadual da enfermagem e terminou com muitos encaminhamentos. Ainda segundo o sindicato, os deputados da base aliada e da oposição reforçaram apoio ao projeto, garantindo que usarão todos os meios para desengavetar o projeto de lei.

Durante a reunião com a categoria foi emitido um requerimento solicitando o desanexação do projeto dos enfermeiros ao PL77, que fixa o salário mínimo estadual, o que pode acelerar o andamento do projeto O sindicato ainda afirmou que os trabalhadores foram categóricos e exigiram providências imediatas dos deputados presentes.

A pedido dos trabalhadores, o deputado Rogério Correia solicitou uma reunião com o presidente da ALMG, deputado Dinis Pinheiro (PP), a Comissão de Constituição e Justiça, onde o projeto está parado, com o líder do governo e com o líder de oposição. A reunião está agendada para a próxima terça-feira (20), às 15h, com a presença dos líderes do movimento.

O outro requerimento também foi assinado pelos parlamentares durante a audiência, desta vez solicitando à presidente Dilma Rousseff apoio no andamento do projeto 2.295, que institui carga horária de  30 horas semanais para categoria, que também está parado em Brasília desde 2010.

Acampados

O movimento "Venha dar plantão na Assembleia" continuará acampado até amanhã no hall da ALMG e, às 15h, se juntarão a outra manifestação que sairá do acampamento em direção a praça Sete.

Os profissionais e estudantes de enfermagem estão acampados desde a segunda-feira (12) na ALMG. O objetivo é o desarquivamento da PL 3.195/2012, que cria piso estadual da enfermagem. O projeto fixa remuneração de de R$ 5.450,00 para enfermeiros, R$ 3.815,00 para técnicos e R$ 2.725,00 para auxiliares.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave