Homem linchado por engano recebe alta do hospital

Mauro Muniz, 37, estava internado desde a noite de domingo na Santa Casa local, depois de ter sido espancado por cerca de 30 pessoas

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

O servente de pedreiro Mauro Muniz, 37, vítima de tentativa de linchamento, em Araraquara (273 km de São Paulo), recebeu alta na manhã desta quarta-feira (14).

Ele estava internado desde a noite de domingo na Santa Casa local, depois de ter sido espancado por cerca de 30 pessoas. Segundo a polícia, ele foi confundido com o seu irmão, que era o alvo do ataque dos agressores.

O irmão da vítima, de acordo com a polícia, era procurado porque agrediu a mulher no domingo. O espancamento ocorreu em frente à casa em que Mauro mora, no bairro Maria Luiza, zona norte da cidade. Para bater nele os agressores usaram tijolos, pedras e paus. Ele apanhou por cerca de uma hora.

A assessoria da Santa Casa informou hoje que Mauro apresentou expressiva melhora durante a madrugada. No domingo, seu estado era considerado grave.

Pela manhã ele foi transferido da UTI (Unidade de Terapia Intensiva) para um setor de observação, depois recebeu alta dos médicos.

O delegado Elton Negrini, da DIG (Delegacia de Investigações Gerais), que apura o caso, já pediu a prisão temporária de cinco suspeitos.

A polícia também solicitou a apreensão de dois adolescentes.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave