Brasileiros da Copa Internacional terão concorrência estrangeira

Argentinos, chilenos e um suíço estão entre os maiores desafios que os atuais líderes irão enfrentar

iG Minas Gerais | DANIEL OTTONI |

Carioca Henrique Avancini aprova invasão estrangeira
Bruno Senna
Carioca Henrique Avancini aprova invasão estrangeira

A segunda etapa da Copa Internacional Levorin de Mountain Bike, marcada para acontecer no próximo final de semana, em São João del-Rei, terá um desafio diferente para os competidores brasileiros.

Eles terão, pela frente, adversários de alto nível vindos de fora do país. Ao todo, serão nove 'intrusos'. Um deles é o suíço Kulas Kauffman, radicado em Belo Horizonte e um dos principais nomes em provas de ciclismo no Brasil nos últimos anos.

Quem chega de fora também são argentinos e chilenos, em diferentes categorias. Do país vizinho, virão Noelia Rodriguez e Dario Alejandro Gasco, para a elite, Gonzalo Artal e Luciano Martinez, na juvenil e Ingratta Kevin na sub-23. Do Chile, chegam Marco Fabián Atan, na júnior e Sebastian Maldonado e Pedro Gangas, na elite. Todos estarão em busca de somar pontos no ranking da União Ciclística Internacional (UCI), principal entidade da modalidade.

Apesar da forte concorrência, os brasileiros aprovam a chegada dos estrangeiros, que irão elevar o nível das provas.

"É sempre bom ter atletas de outros países competindo aqui no Brasil. As disputas se tornam ainda mais difíceis e contribuem para o desenvolvimento da Elite Feminina brasileira", comenta a mineira Isabella Lacerda, atual campeã e líder da competição. Ela acredita que o páreo mais duro acontecerá diante de uma argentina. "A Noelia Rodriguez é uma atleta renomada e que já ganhou várias etapas desta competição. Com certeza, será uma grande adversária". relata Lacerda.

Noelia conquistou o título da Copa Internacional em 2004 e promete dar muito trabalho para as donas da casa.

O também líder da Copa e atual campeão Henrique Avancini, também espera dificuldades com a presença dos gringos. Um de seus principais adversários será Dario Gasco, que foi bronze no Pan do Rio, em 2007.

"É ótimo contar com atletas do exterior. Eleva ainda mais o nível da prova. E também oferece aos brasileiros a oportunidade de aferir a condição tendo como parâmetro o nível internacional", declara o carioca.

Treinamento

Depois de ficarem na primeira posição nos três estágios na etapa de abertura, em Araxá, os dois brasileiros que lideram a Copa utilizarão a prova em São João del-Rei para teste para duas etapas da Copa do Mundo. Eles estão de viagem marcada para República Tcheca, entre 23 e 25 de maio, e Alemanha, de 30 de maio a 1º de junho.