Dedé desaprova atuação do time na Argentina e quer postura diferente

Zagueiro destaca que a Raposa vai para a decisão da Libertadores com atitude agressiva e concentração para não ser vazado

iG Minas Gerais | BRUNO TRINDADE |

Dedé foi uma das principais figuras deste jogo dramático e emocionante para a China Azul
Associated Press
Dedé foi uma das principais figuras deste jogo dramático e emocionante para a China Azul

Assim como o torcedor cruzeirense, o zagueiro Dedé não ficou nada satisfeito com a atuação da equipe no primeiro jogo das quartas de final da Copa Libertadores. Jogando mais recuado do que habitualmente e sem força ofensiva, a Raposa não conseguiu acertar o gol adversário nenhuma vez, e acabou levando o gol no segundo tempo.

Agora, atuando em casa e precisando da vitória por dois gols de diferença para buscar a classificação, o defensor afirma que foi um erro a postura adotada pelo time na Argentina e que, em casa, a atitude celeste em campo será totalmente diferente. “Temos que pressionar. Acho que, lá em Buenos Aires, a gente pecou na nossa estratégia defensiva, não foi certo o que fizemos. Acho que nosso time já devia ter dado uma pressão neles lá. Vamos fazer tudo diferente aqui (no Mineirão): marcar pressão, acertar o último passe, as finalizações, acertar no setor defensivo. Acho que esse é o ponto certo”, disse.

A agremiação estrelada precisa vencer por dois gols de diferença para passar às semifinais. Vitória de 1 a 0 para os mineiros leva a decisão para os pênaltis. Empate dá a vaga aos argentinos.

Leia tudo sobre: cruzeiroraposaLibertadoresdedezagueirodecisaosan lorenzomineirão