Deschamps convoca 23 nomes da França sem surpresas

Treinador escolheu praticamente os mesmos atletas que estavam disputando as Eliminatórios e os amistosos

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Ribéry é a grande estrela da seleção francesa
Reprodução/Facebook
Ribéry é a grande estrela da seleção francesa

O técnico Didier Deschamps anunciou nesta terça-feira os 23 convocados da seleção francesa para a Copa do Mundo deste ano. E a lista do treinador acabou ficando dentro do esperado, sem grandes surpresas. Ele chamou praticamente os mesmos nomes que vinham sendo escolhidos para os jogos das Eliminatórias e os amistosos.

Os principais destaques do time são aqueles já conhecidos. Na defesa, nomes de mais experiência, como os de Koscielny, Sagna e Patrice Evra, aliados a outros que despontaram nos últimos anos, como Varane. No meio, Pogba aparece como principal destaque. Já no setor ofensivo, Ribery e Benzema permanecem como as maiores esperanças de gol da seleção.

Se soube mesclar juventude com experiência, Deschamps fez questão de deixar alguns medalhões de fora da convocação. Aos 34 anos, Eric Abidal perdeu a chance de disputar o que provavelmente seria sua última Copa. Gael Clichy, em baixa no Manchester City, também ficou de fora.

Companheiro de Clichy no time inglês, o meia Samir Nasri é outra ausência. Ele já vinha sendo esquecido nos jogos das Eliminatórias e chegou a admitir no último final de semana que só veria a Copa "pela tevê". Jogador de qualidade técnica inquestionável, Nasri perdeu espaço com Deschamps depois de uma série de problemas disciplinares.

Estes problemas extra-campo são justamente o que Deschamps quer evitar nesse Mundial. Em 2010, a França sofreu com isso e viu Anelka ser excluído da delegação, após desentendimento com o técnico Raymond Domenech. Depois disso, os atletas chegaram a se recusar a participar de um treinamento. O resultado foi uma seleção apagada em campo, que acabou caindo na primeira fase com campanha vexatória, em último lugar, com um ponto, no grupo que tinha ainda África do Sul, Uruguai e México.

Até por isso, Deschamps convocou para este Mundial apenas seis nomes que estiveram na África do Sul há quatro anos: Llorris, Mandanda, Evra, Sagna, Valbuena e Ribery. A equipe francesa está no Grupo E, ao lado de Suíça, Equador e Honduras. A estreia será diante dos hondurenhos, dia 15 de junho, no Beira-Rio.

Confira os 23 convocados da seleção francesa para a Copa:

Goleiros: Hugo Lloris (Tottenham-ING), Steve Mandanda (Olympique de Marselha-FRA), Mickael Landreau (Bastia-FRA).

Defensores: Raphael Varane (Real Madrid-ESP), Mamadou Sakho (Liverpool-ING), Mathieu Debuchy (Newcastle-ING), Laurent Koscielny (Arsenal-ING), Lucas Digne (Paris Saint-Germain-FRA), Eliaquim Mangala (Porto-POR), Bacary Sagna (Arsenal-ING), Patrice Evra (Manchester United-ING).

Meio-campistas: Yohan Cabaye (Paris Saint-Germain-FRA), Paul Pogba (Juventus-ITA), Blaise Matuidi (Paris Saint-Germain-FRA), Moussa Sissoko (Newcastle-ING), Clément Grenier (Lyon-FRA), Rio Mavuba (Lille-FRA), Mathieu Valbuena (Olympique de Marselha-FRA).

Atacantes: Karim Benzema (Real Madrid-ESP), Franck Ribery (Bayern de Munique-ALE), Antoine Griezmann (Real Sociedad-ESP), Olivier Giroud (Arsenal-ING), Loic Rémy (Newcastle-ING).