Chilton surpreende e lidera testes da F1 em Barcelona

Piloto da Marussia cravou o tempo de 1min26s434 e superou o inglês Lewis Hamilton

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

undefined

Depois da vitória no GP da Espanha, no domingo, Lewis Hamilton não conseguiu repetir a performance nesta terça-feira no primeiro dia de testes no mesmo Circuito da Catalunha, em Barcelona. O piloto da Mercedes foi o terceiro mais rápido, superado pelos surpreendentes Max Chilton e Charles Pic.

O piloto da Marussia, conhecido por nunca ter abandonado uma prova da F1, foi o mais veloz entre os 11 pilotos que foram para a pista, com o tempo de 1min26s434. Max Chilton cravou o melhor tempo do dia no final da sessão, quando a pista já estava secando, depois que a chuva afetou o rendimento de alguns carros no início do dia.

O francês Charles Pic, reserva da Lotus, foi o segundo melhor da sessão com 1min26s661, seguido de Hamilton. O inglês marcou 1min26s674 ainda na pista molhada e não voltou para o traçado na parte final da sessão. O quarto mais rápido foi o finlandês Kimi Raikkonen, da Ferrari, com 1min26s965.

Felipe Massa aproveitou o dia para testar os novos componentes trazidos pela Williams para Barcelona no fim de semana. O brasileiro, que completou 55 voltas no circuito, marcou o sétimo tempo, com 1min27s756.

O francês Jean-Eric Vergne, da Toro Rosso, e o holandês Giedo van der Garde, reserva da Sauber, dedicaram suas sessões ao trabalho em conjunto com a Pirelli. Pelas novas regras da F1, cada equipe deve utilizar um dos seus dias de testes durante a temporada para a fornecedora de pneus da categoria.

A sessão, que contou com chuva e tempo estável, foi marcada por interrupções das atividades por carros que tiveram problemas na pista. Ao todo foram seis breves paralisações. Vergne e Raikkonen pararam duas vezes no traçado. Chilton e Sébastien Buemi, reserva da Red Bull, também enfrentaram dificuldades.

O segundo e último dia de testes em Barcelona será nesta quarta-feira, quando a Williams será representada por Susie Wolff, reserva da equipe. Pela McLaren, outro reserva, Stoffel Vandoorne, também fará sua estreia na F1.

Leia tudo sobre: formula 1f1marussiachiltontreino