Marcelo Oliveira faz mistério total sobre treino e sobre titulares

Comandante celeste prepara o time que vai encarar o San Lorenzo nesta quarta-feira

iG Minas Gerais | BRUNO TRINDADE |

Um treino totalmente secreto. Foi assim que o Cruzeiro encerrou a preparação para o jogo contra o San Lorenzo, nesta quarta-feira, às 22h, no Mineirão, pela partida de volta da Copa Libertadores da América. A previsão inicial, dada pelo próprio clube, era fechar apenas parte da atividade. Porém, quando a imprensa teve acesso ao CT cruzeirense, o que se viu foi apenas o fim das cobranças de penalidades e, na sequência, cobranças de faltas.

O técnico Marcelo Oliveira teria comandado um treino coletivo-tático. Além de, possivelmente, treinar bolas paradas defensivas e ofensivas, marcação sob pressão, toque de bola rápido e finalizações, o treinador cruzeirense escalou no coletivo o time que vai iniciar o jogo.

Com o mistério, muitas perguntas ficam sobre o time titular. Nilton voltaria à equipe ou seguiria no banco? Marcelo Moreno ganhará a condição de titular ou Júlio Baptista será mantido no posto? Começa o jogo Dagoberto ou Willian? Ou ainda, o camisa 10 será recuado para a armação, sai Ricardo Goulart e Moreno comanda o ataque? As respostas para essas perguntas serão respondidas somente nesta quarta-feira, minutos antes do confronto, quando a comissão técnica divulgará a equipe titular.

Questionado sobre a escalação, o atacante Marcelo Moreno desconversou sobre a sua titularidade e disse apenas que foram feitas mudanças na equipe. "O treinador fez umas mudanças na equipe, mas ele está com muitas dúvidas. Vamos esperar até amanhã pra saber se tem possibilidade de eu estar no time ou não", disse o jogador.

No treino desta terça-feira, Goulart saiu de campo com gelo no joelho esquerdo. Não se sabe se foi apenas uma precaução ou se o jogador chegou a se queixar de algum problema no local. O volante Tinga não participou dos treinamentos porque foi poupado, mas não seria problema para a partida. O atacante Borges treinou à parte.

Leia tudo sobre: san lorenzocruzeiroraposafutebolesportetreino secretomarcelo oliveiratecnico