Marcelo Moreno ganha espaço

Técnico celeste tem elogiado atuações de seu xará, que é o artilheiro do time na temporada 2014

iG Minas Gerais | Bruno Trindade e Guilherme Guimarães |

Boa fase. Depois de ser titular no começo do ano e perder o lugar no time, Marcelo Moreno está retomando a forma técnica
Douglas Magno / O Tempo
Boa fase. Depois de ser titular no começo do ano e perder o lugar no time, Marcelo Moreno está retomando a forma técnica

Se o Cruzeiro precisa de pelo menos dois gols contra o San Lorenzo-ARG, nesta quarta, no Mineirão, para seguir na Copa Libertadores, nada melhor do que contar com o reforço de um velho artilheiro. Goleador celeste no torneio sul-americano de 2008, o atacante Marcelo Moreno vai, aos poucos, retomando a antiga fase de homem-gol. Mesmo no banco de reservas, o boliviano é o artilheiro do clube na temporada, com sete gols, três deles marcados nas últimas três partidas do clube estrelado pelo Brasileirão.

Os tentos anotados e as boas atuações chamaram a atenção do técnico Marcelo Oliveira, que o coloca como possível comandante do ataque no duelo com os argentinos. “A dúvida é colocada não apenas quando o jogador atua pouco tempo, mas também pela partida que ele fez hoje (domingo). O Moreno se candidata a ser titular na quarta-feira. O que eu mais primo é por coerência, justiça. Outros jogadores já jogaram, depois ficaram fora. Isso sempre no sentido de buscar a coerência na hora certa, na minha convicção”, declarou o treinador após o clássico contra o Atlético, nesse domingo.

Em seu retorno ao clube estrelado, em 2014, o avante até emplacou uma sequência como titular, marcando quatro gols no Campeonato Mineiro. No entanto, o rendimento do jogador caiu e ele foi substituído por Júlio Baptista. A aposta do treinador celeste era ganhar mais mobilidade e qualidade técnica, o que acabou acontecendo em alguns jogos. Porém, o rendimento do camisa 10 tem oscilado e ele não está conseguindo repetir o bom nível de atuações que o levaram a condição de titular.

Agora, a situação se inverteu. O boliviano vem mostrando, dentro de campo, que pode voltar ao time principal. Caso seu retorno seja confirmado, a Raposa ganha em presença de área, com um avante bom na bola aérea, que joga entre os zagueiros e que está sempre bem posicionado para finalizar ao gol.

“O Marcelo é um centroavante mais de área, o camisa 9 que, no alto, agride bem a bola. Teríamos uma opção a mais de ataque com as bolas cruzadas na área. E teremos mesmo que atacar. Então, quem estiver na frente vai fazer o melhor”, declarou o meia Everton Ribeiro.

O zagueiro Bruno Rodrigo, que retorna ao time após cumprir suspensão no jogo de ida, na Argentina, acredita na qualidade do ataque celeste, independentemente do atleta escalado.

“Quem entrar, tenho certeza, vai mostrar muita vontade e garra para ajudar a equipe. E o beneficiado maior será o próprio Cruzeiro, que tem vários jogadores capacitados”, disse.

Além de Júlio Baptista e Marcelo Moreno, o técnico Marcelo Oliveira tem como opção o baiano Borges. Ele entrou no segundo tempo no jogo de ida contra o San Lorenzo, mas ficou fora do clássico por conta de um cansaço muscular. Nessa segunda, o avante fez atividades para aprimorar a forma física.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave