Graça Foster ‘briga’ pelo reajuste da gasolina neste ano

Presidente da Petrobras apresenta resultados da estatal

iG Minas Gerais |

Ação. Governo tem segurado preço de combustíveis para evitar impacto negativo na inflação 2014
RODRIGO LIMA/30.1.2013
Ação. Governo tem segurado preço de combustíveis para evitar impacto negativo na inflação 2014

RIO DE JANEIRO E SÃO PAULO. Depois de apresentar na manhã dessa segunda os resultados do 1º trimestre de 2014 da Petrobras durante uma teleconferência para investidores e analistas, a presidente da estatal, Graça Foster, disse que será mantida a luta para reajustar os preços dos combustíveis ainda em 2014.

Segundo ela, o aumento nos preços é necessário para reduzir a defasagem deles em relação ao mercado internacional. O relatório da Petrobras aponta uma perda de 30% do lucro líquido da companhia.

“Hoje, a orientação do conselho é não repassar a volatilidade para o mercado e que a gente faça as correções sem repassar essa volatilidade. O real ficou menos depreciado no trimestre e isso nos trouxe para mais perto da convergência de preços. Mas, enquanto não há paridade plena, nós temos que estar considerando um aumento de preços”, declarou a executiva.

O governo, que é sócio majoritário da Petrobras, tem segurado o preço dos combustíveis para evitar o impacto negativo nos índices inflacionários.

A presidente não apresentou, porém, nenhum percentual estimado do reajuste dos combustíveis.

Foster destacou que a projeção de resultados é otimista e o cenário, promissor. Afirmou também que as investigações sobre as possíveis irregularidades em aquisições e contratações feitas pela Petrobras não afetaram os resultados da estatal até o momento.

Investimentos. A previsão da empresa para investimentos em 2014 é de US$ 40 bilhões. Segundo ela, a partir dessa projeção e dos investimentos consolidados neste ano, os valores previstos para os próximos anos serão ajustados.

Foster acrescentou que a produção de petróleo terá crescimento de 7,5% em 2015. O primeiro trimestre, conforme relatório da companhia, atingiu 2,01 milhões de barris.

Os investimentos somaram R$ 20,584 bilhões entre janeiro e março deste ano – montante 4,1% superior ao registrado no mesmo período de 2013. A maior parte foi direcionada à área de Exploração e Produção.

Crédito

Pedido. Graça Foster pediu aos investidores que acreditem na empresa, que tem apresentado recordes nas áreas operacionais. “Temos uma companhia melhor”, ainda afirmou a executiva.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave