Desenhos e pinturas de um mundo dos sonhos

Juntos, artistas Thiago Alvim e Binho Barreto apresentam mostra de trabalhos oníricos na Savassi

iG Minas Gerais | LUCAS SIMÕES |

Obra. Trabalho de nanquim sobre papel de Thiago Alvim relaciona a natureza à fantasia humana
thiago alvim/divulgação
Obra. Trabalho de nanquim sobre papel de Thiago Alvim relaciona a natureza à fantasia humana

Há cerca de um ano, os artistas visuais Binho Barreto, 40, e Thiago Alvim, 25, nunca haviam se visto, mas as pinturas deles já dialogavam entre si em grafites espalhados pela cidade afora. Com traços semelhantes que têm o costume de criar personagens sonhadores para fazer menções à natureza, os dois apresentam agora a exposição “Desenhos: Binho Barreto e Thiago Alvim”, que reúne 16 trabalhos deles no Salão cultural da Aliança Francesa, a partir de hoje.

A ideia de montar uma exposição com obras semelhantes dos dois artistas nasceu após uma série de grafites que eles fizeram juntos em bairros como São Gabriel e Pampulha, neste ano. “Eu conhecia o trabalho do Thiago da rua, então decidimos grafitar juntos um dia e aí fomos percebendo mais que afinidades: encontramos um traço e um pensamento em comum de ver o mundo”, avalia Binho.

Além dos grafites, Binho e Thiago compartilham outras formas de expressão artística, que juntaram na exposição, como o nanquim sobre o papel, tinta acrílica sobre tela, gravura e serigrafia. Segundo Thiago Alvim, que estuda artes plásticas na Escola Guignard, a ideia da exposição é criar um paralelo em torno de personagens humanos retratados de forma fantástica e expressões da natureza que ganham adornos humanos – como árvores com olhos e braços. “O que fazemos é movimentar o universo da natureza com influências humanas. É uma forma de olhar de outra forma a convivência que deve haver entre os dois”, avalia.

Agenda

O quê. Exposição “Desenhos: Binho Barreto e Thiago Alvim”

Onde. Aliança Francesa (rua Tomé de Souza, 1418, Savassi)

Quando. De hoje a 11 de junho (segunda a quinta, das 8h às 21h; sextas e sábados, das 8h às 16h30).

Quanto. Entrada gratuita

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave