Vereador quer metrô aberto até a 0h

iG Minas Gerais | Flávia carneiro |

A expansão do horário do funcionamento do metrô foi discutida nesta segunda durante uma audiência pública na Câmara Municipal de Belo Horizonte. Segundo o vereador Joel Moreira Filho (PTC), membro da Comissão de Transporte, atualmente o metrô funciona das 5h15 às 23h, e a ampliação do horário até a 0h poderia ser feita por meio de um simples ato administrativo da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU).

A empresa não mandou representantes para a audiência. Em função disso, vereadores da comissão prometeram enviar uma carta à presidente Dilma Rousseff pedindo a intervenção do governo federal na ampliação do horário do metrô da capital.

De acordo com o parlamentar Joel Moreira Filho, o pedido é uma reivindicação, principalmente, dos estudantes da cidade, que saem da escola ou faculdade às 22h30 e não conseguem chegar às estações antes da partida do último vagão. A medida vai beneficiar ainda torcedores que vão ao estádio Independência, no bairro Horto, na região Leste. Filho classificou a ausência da CBTU como um “verdadeiro descaso com a população”.

Custo

Expansão. De acordo com os parlamentares, seriam vendidos 10 mil bilhetes no metrô entre as 23h e a 0h. O valor, segundo eles, seria suficiente para cobrir os custos da expansão do horário.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave