‘Melado’ é morto a tiros por dupla

Encapuzados invadiram a residência da vítima, que foi atingida por 15 disparos

iG Minas Gerais | Evandro Teles |

FOTO: NELSON BATISTA / O TEMPO
undefined

Um homem de 34 anos foi morto a tiros na noite de anteontem em Betim, na região metropolitana de Belo Horizonte, após ser atacado na própria residência por dois homens encapuzados.

“Eles já chegaram disparando contra a vítima, Walison Caliu Salomão, também conhecido na região pelo apelido de “Melado”, que foi atingida nos braços, nas pernas e no tórax. Ele chegou a ser socorrido por uma equipe de resgate do Samu, mas não resistiu aos ferimentos e já deu entrada sem vida no Hospital Regional”, informou um dos militares que atendeu a ocorrência.

A Delegacia de Homicídios de Betim ainda não tem pistas da autoria ou motivação do crime, que chocou os moradores da rua Paraopeba. “Não encontramos ainda registro de algum crime cometido pela vítima mas, pelas circunstância, trata-se de uma execução”, afirmou um policial civil.

Um morador da região revelou à reportagem que Salomão teria sido assassinado por alguma situação relacionada ao seu passado. Atualmente, ele frequentava uma igreja evangélica.

Mistério

A polícia ainda não tem pistas sobre os autores do assassinato no bairro Betim Industrial, apesar de alguns moradores dizerem que a morte ocorreu pelo passado da vítima.

 

Homicídio tentado

Também na noite de anteontem, um homem de 31 anos sofreu uma tentativa de homicídio na porta de casa, no bairro Jardim Brasília, em Betim. Segundo a Polícia Militar, Everson Cirino Pacheco foi atingido por um tiro na boca, que teria sido disparado por um rapaz de 18 anos, que fugiu em um Celta azul. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave