Entulho e sujeira ocupam área da nova Via 710

Demolições foram feitas na rua José Cândido da Silveira; material ainda não foi recolhido

iG Minas Gerais | Luiza Muzzi |

Na altura do bairro União, via está repleta de restos de obras
douglas magno
Na altura do bairro União, via está repleta de restos de obras

Um cenário de muita sujeira tem chamado a atenção de quem passa diariamente pela avenida José Cândido da Silveira, na altura do bairro União, na região Nordeste da capital. O local, que está sendo desapropriado para a construção da Via 710 – uma ligação entre as avenidas dos Andradas e Cristiano Machado –, foi palco de uma série de demolições nos últimos meses, mas permanece, até hoje, repleto de restos de obras e entulhos.

“Isso aqui virou um lixão a céu aberto. Tem mais de um mês que as casas foram demolidas, mas, como não limparam, o pessoal fica jogando entulho de outras obras lá”, reclamou a professora Cleusa Souza, 63. No local, tijolos e restos das demolições dividem o espaço com copos plásticos, caixas de cigarro, pedaços de cadeira e até peças de roupas abandonadas.

Questionada sobre o problema, a Superintendência de Desenvolvimento da Capital (Sudecap) afirmou que as demolições da Via 710 estão sob responsabilidade da regional Nordeste. A regional, por sua vez, afirmou que o processo de demolição ainda está acontecendo e que, somente quando terminar, é que será firmado um contrato para a retirada dos entulhos.

Está prevista para esta terça a abertura das propostas de preços das empresas que disputam a nova licitação das obras da Via 710. Os trabalhos estão paralisadas desde julho de 2012, em função das desapropriações pendentes e de adequações necessárias ao projeto.

Também nesta terça, às 15h30, a Comissão de Assuntos Municipais e Regionalização da Assembleia Legislativa fará uma audiência pública para debater, entre outros temas, o impacto da Via 710.

Via 210. Em visita às obras do complexo urbanístico da Via 210, que liga a avenida Teresa Cristina à Via do Minério, o prefeito Marcio Lacerda anunciou nesta segunda que o complexo será inaugurado ainda neste mês. As obras já estão com um mês de atraso.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave