Ponte na MG-262 continua interditada nesta segunda-feira

A estrutura da ponte foi comprometida e uma rachadura foi constatada no pilar central; técnicos no DER-MG estiveram no local para constatar os danos e ainda não há previsão de liberação do trecho

iG Minas Gerais | JULIANA BAETA |

Buscas. Corpo de caminhoneiro foi achado no sábado
ALTINO ANSALONI / JORNALVOZATIVA
Buscas. Corpo de caminhoneiro foi achado no sábado

A ponte que passa sobre o Rio Gualaxo, na MG-262, na região Central do Estado, entre as cidades de Mariana e Ponte Nova, continua interditada nos dois sentidos nesta segunda-feira (12). Segundo a Polícia Militar Rodoviária (PMRv), ainda não há previsão de liberação do trecho, altura do quilômetro 45. Os trabalhos do Departamento de Estrada e Rodagem de Minas Gerais (DER-MG) continuam nesta segunda. Uma rachadura no pilar central e um deslocamento na estrutura da ponte já foram constatados pelos peritos. 

Segundo o Corpo de Bombeiros de Ponte Nova, o corpo do motorista do caminhão, Renato Rodrigues Souza, 27, foi encontrado neste sábado (10), em uma mata perto da ponte. No entanto, as buscas continuam para confirmar se apenas o caminhoneiro estava no veículo, ou se havia outra pessoa com ele, já que testemunhas afirmaram terem visto duas pessoas na cabine.

A ponte continua completamente interditada por causa dos danos, ainda sem previsão de liberação. Mas os motoristas de caminhões de grande porte que saem de Belo Horizonte com destino a Ponte Nova podem utilizar a BR-381 por João Monlevade. Já os motoristas de veículos pequenos como carros de passeio podem fazer o desvio por municípios vizinhos como Diogo Vasconcelos, segundo a PMRv.

O DER-MG informou que uma equipe já esteve no local nesta segunda e que as avaliações na ponte poderão ser detalhadas até o fim da tarde. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave