Policiais envolvidos em morte de Cláudia são indiciados

Seis militares foram indiciados por fraude processual e dois deles irão responder também por homicídio culposo; serão levados a júri popular e podem pegar até 2 anos de prisão

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

A Polícia Civil do Rio terminou, depois de dois meses, o inquérito da morte da auxiliar de serviços Cláudia Ferreira da Silva, que foi arrastada por um carro PM depois de ser baleada. 

O delegado que investiga o caso entregou a documentação ao Tribunal de Justiça na manhã desta segunda-feira (12). Seis policiais militares foram indiciados por fraude processual e dois deles irão responder também por homicídio culposo. 

Eles serão levados a júri popular e podem pegar até 2 anos de prisão. Segundo a PM, os policiais irão cumprir funções administrativas enquanto o processo ocorrer. 

 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave