Árbitro relata ofensas de Marcelo Moreno em súmula do clássico

Héber Roberto Lopes cita no documento oficial do jogo insultos do atacante cruzeirense após o apito final

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Marcelo Moreno teve o seu gesto detalhado na súmula do árbitro Héber Roberto Lopes
REPRODUÇÃO/PREMIERE FC
Marcelo Moreno teve o seu gesto detalhado na súmula do árbitro Héber Roberto Lopes

O atacante Marcelo Moreno deverá assentar no banco dos réus no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), pelas palavras fortes proferidas ao árbitro Héber Roberto Lopes, após a derrota do Cruzeiro por 2 a 1 para o Atlético, no clássico disputado no último domingo, no Independência.

Héber Roberto Lopes justificou a expulsão de Moren,  após o apito final do jogo, dizendo que o atleta celeste cogitou que o jogo foi “armado”. Fazendo, inclusive, gestos característicos para indicar “roubo”.

“Após o término do jogo expulsei com cartão vermelho direto o atleta de nº 18, sr. Marcelo Moreno Martins, da equipe Cruzeiro E. C., que dirigiu-se a mim com os seguintes termos: "Isso é uma vergonha, já esta tudo armado, palhaçada, vou na televisão acabar com você, safado". Após a amostragem do cartão vermelho, o atleta, dirigindo-se ao seu vestiário, espalmou a mão esquerda e com o polegar da mão direita, tocando a palma da mão esquerda, girou os dedos em gestos característico de roubo , repetindo o gesto por 3 vezes”, relatou o árbitro.  

Leia tudo sobre: cruzeiroraposaatléticogalo