Cai o número de clientes que usam cheques como meio de pagamento

Enquanto houve queda no uso de cheque, cresceram os pagamentos por meio de outros instrumentos; no caso do cartão de débito, houve expansão de 18,89%, no ano passado em relação a 2012

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Rombo. Juro faz dívida de  R$ 1.000 virar R$ 2.500 em um ano
Daniel de Crequeira/O Tempo
Rombo. Juro faz dívida de R$ 1.000 virar R$ 2.500 em um ano

Os clientes bancários usam cada vez menos o cheque como meio de pagamento. De acordo com dados do Banco Central (BC), divulgados nesta segunda-feira (12), em 2013 foram realizadas 1,304 bilhão de transações com cheque, queda de 9,3% em relação ao ano anterior. Em 2007, início da série no relatório do BC, foram 1,999 bilhão.

Enquanto houve queda no uso de cheque, cresceram os pagamentos por meio de outros instrumentos. No caso do cartão de débito, houve expansão de 18,89%, no ano passado em relação a 2012. Nesse mesmo tipo de comparação, houve crescimento das operações com cartão de crédito (11,69%), débito direto (16,7%) e transferências de crédito (6,4%).

Em 2013, o faturamento dos mercados de cartões de crédito e de débito atingiu R$ 534 bilhões e R$ 293 bilhões, respectivamente, o que significa crescimento de 14,7% e 23,4% em relação ao ano anterior.

Com relação à utilização dos canais de atendimento das instituições financeiras, em 2013 prevaleceu o atendimento pela internet, que respondeu por 39,5% das operações realizadas, apresentando crescimento de 23,1% em relação ao ano anterior.

Por sua vez, o número de transações bancárias efetuadas por meio das dependências das instituições financeiras – agências e postos de atendimento – continua apresentando queda, com redução de  1,7% no ano.

O atendimento disponibilizado pelas instituições financeiras por meio de dispositivos móveis cresceu 80,9%, em 2013.

Leia tudo sobre: ChequeBanco Centralquedacartão de créditopagamento