'Damião não vai ficar muito tempo fora', revela Oswaldo

Treinador do Santos explicou que resolveu colocar atacante no banco apenas por uma opção técnica

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Leandro Damião comemora primeiro gol marcado com a camisa do Santos
SANTOS FC/SITE OFICIAL/DIVULGAÇÃO
Leandro Damião comemora primeiro gol marcado com a camisa do Santos

O técnico Oswaldo de Oliveira afirmou que o atacante Leandro Damião não ficará muito tempo fora da equipe titular do Santos. Na primeira vitória do time no Campeonato Brasileiro, na noite desse domingo, contra o Figueirense, por 2 a 0, o jogador ficou no banco de reservas, no Estádio do Café, em Londrina.

"Não vou deixá-lo muito tempo fora. Ele é um jogador grudadíssimo e vai voltar em um breve espaço de tempo. Foi uma pausa para dar uma respirada", afirmou o treinador, sinalizando que o jogador pode voltar ao time no jogo de quinta-feira, contra o Princesa do Solimões, pela Copa do Brasil, na Vila Belmiro.

Oswaldo resolveu colocar Damião no banco, segundo ele, por uma opção técnica. Lucas Lima foi escalado no meio e Gabriel, que vinha jogando como armador, foi atuar como atacante, entre os zagueiros. Lucas Lima teve boa atuação na criação das jogadas e participou do lance do primeiro gol, anotado exatamente por Gabriel. "Precisávamos de uma formação para reter mais a posse de bola e garantir volume de jogo. Gostei da formação", explicou.

Oswaldo afirmou que Damião aceitou a reserva com tranquilidade. "É claro que ele preferia jogar, mas se mostrou tranquilo. Não apresentou alteração de humor e se mostrou sóbrio e educado", afirmou.

A avaliação do treinador foi confirmada pelas palavras do próprio atacante, que não reclamou da reserva. "Foi uma coisa normal, uma opção do treinador. Respeito muito o Oswaldo. O time vencendo é o mais importante. Estou aqui para ajudar e somar com os outros jogadores, temos que destacar a vitória", afirmou o jogador no final da partida.

Leandro Damião foi contratado no início do ano na maior transação entre clubes brasileiros que envolveu cerca de R$ 42 milhões. Ele não marca há seis jogos. Na semana passada, os jornais espanhóis noticiaram um possível interesse do Atlético de Madrid na contratação de Damião. O santista seria o substituto de Diego Costa, que está negociando sua transferência para o futebol inglês.

Leia tudo sobre: leandro damiaofutebolsantosforatime