Rede está mais perto de achar um novo sócio

iG Minas Gerais |


Ricardo Eletro é uma das cinco marcas que integram o grupo
Alex de Jesus/ O Tempo
Ricardo Eletro é uma das cinco marcas que integram o grupo

São Paulo. Não foram poucos os fundos de investimento que nos últimos meses olharam os números e a operação da Máquina de Vendas, a sétima maior varejista do país, criada em 2010, com a fusão das redes Ricardo Eletro e Insinuante. Seus sócios, Ricardo Nunes e Luiz Carlos Batista, colocaram uma fatia da companhia à venda no início do ano passado, bateram à porta de mais de 30 empresas de investimento, mas foram ignorados pela maioria delas. As margens baixas do setor, o complexo processo de integração do grupo, que já comprou outras três redes no país, e os perfis (quase conflitantes) dos donos afastaram os potenciais interessados e fizeram o negócio virar lenda no setor.

Nos últimos três meses, no entanto, Nunes e Batista viram a possibilidade da venda se aproximar novamente. A companhia está no meio de um processo que pode definir, finalmente, o futuro da rede. A entrada de um novo sócio dará maior robustez para a companhia intensificar o processo de integração de suas operações, reduzir alavancagem e expandir sua divisão de e-commerce, considerada estratégica, para fazer frente a seus principais concorrentes. Ao fim de tanta procura, três fundos de investimento estão estudando com mais detalhes o negócio, que nunca havia atingido uma fase tão avançada. Nunes e Batista confirmaram que as negociações ganharam novos contornos, mas nenhum deles dá detalhes.

O favorito a comprar uma fatia da Máquina de Vendas é o Kinea, fundo controlado pelo Itaú que há dois meses estreou no varejo adquirindo uma participação na mato-grossense Lojas Avenida. O gigante americano Texas Pacific Group (TPG) e o banco BTG também estão no páreo. Procurados, Kinea e BTG dizem que não comentam rumores de mercado. Os executivos do TPG não foram encontrados. Nenhum deles fez uma proposta firme pela empresa até o momento. O que está acontecendo agora é uma análise mais detalhada da operação das cinco bandeiras que compõem o grupo: Insinuante, Ricardo Eletro, City Lar, Eletro Shopping e Salfer.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave