Jovens aplicam lógica de app de táxi nos passeios com cães

Dono preenche um formulário em que diz o dia e a hora que gostaria que seu cão fosse levado para passear e o próprio aplicativo busca os passeadores que atendem na região.

iG Minas Gerais | Da Redação |

Luiz Henrique de Araújo, 19, e seus dois sócios usaram a lógica dos aplicativos de táxi, como Easy Taxi e 99taxis, para criar o aplicativo GoWalk, que ajuda donos de cães a encontrar passeadores. Na plataforma, os usuários e passeadores se cadastram e podem agendar passeios para os cães. O dono do animal preenche um formulário em que diz o dia e a hora que gostaria que seu cão fosse levado para passear e o próprio aplicativo busca os passeadores que atendem na região. Quem aceitar o pedido primeiro, envia uma proposta de orçamento para o usuário. Também é possível buscar pelo nome do profissional, caso o usuário já tenha um preferido. Segundo Araújo, profissionais e usuários se cadastram em versões diferentes dos aplicativos. No caso dos passeadores, eles só têm acesso à plataforma caso sejam aceitos pela moderação. 'Buscamos saber se eles têm algum curso de qualificação ou experiência anterior.' Para ele, o diferencial do aplicativo é a segurança. 'O dono do animal pode acompanhar o trajeto do passeio pelo sinal de GPS do smartphone do passeador e também pode receber fotos', afirma Araújo. Os passeadores podem estipular os valores do serviço. Segundo Araújo, a média é de R$ 25 por uma hora de passeio. A empresa cobra dos profissionais uma taxa de R$ 2 por passeio (a fatura é mensal). Quem optar por comprar uma pacote de passeios tem 10% de desconto no valor. Os passeadores e usuários acumulam pontos quando agendam passeios e podem trocá-los por prêmios dentro da plataforma. O aplicativo, que antes estava disponível apenas em versão de teste, teve a versão para passeadores lançada na última semana. A versão para usuários deve ser lançada nos próximos dias.