Clássico russo é suspenso após torcida agredir jogador

A três minutos do fim do tempo regulamentar de partida, torcedores do Zenit invadiram o gramado e agrediram o jogador Vladimir Granat

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

O clássico russo entre o Zenit (time de Hulk) e Dínamo de Moscou foi suspenso, neste domingo, depois que a torcida do time de São Petersburgo invadiu o gramado e agrediu um jogador do rival. A partida foi paralisada quando a equipe da capital ganhava por 4 a 2, resultado que fazia o Zenit perder a liderança do Campeonato Russo na penúltima rodada do torneio.

A invasão ao gramado aconteceu a três minutos do fim do tempo regulamentar de partida. Os jogadores dos dois times saíram correndo para os vestiários, mas um deles, Vladimir Granat, ficou para trás, caminhando. Um torcedor do Zenit, sem camisa, foi em direção dele e tentou acertar um soco na sua cara. O jogador esquivou, mas mesmo asism foi atingido. O torcedor logo foi contido pelos demais invasores. Granat, que defende a seleção da Rússia e deverá vir ao Brasil para a Copa, teria ficado machucado, segundo disse à imprensa local o diretor esportivo do Dínamo, Guram Adzhoev. Já o Zenit lamentou o comportamento dos seus torcedores e afirmou estar trabalhando junto com a polícia para identificar o agressor. "O clube entende que os torcedores têm o direito de ficarem desapontados e descontentes com a forma com que o time jogou, mas o comportamento como 'hooligans' e a desordem não são aceitáveis de nenhuma forma", disse o Zenit, em comunicado. Como venceu neste domingo, o CSKA Moscou pulou para a ponta do Campeonato Russo, com 61 pontos, enquanto o Zenit tem 60. O Lokomotiv Moscou tinha tudo para assumir a liderança, no fechamento da rodada, mas perdeu e estacionou nos 59. Na última rodada, quinta, o Zenit visita o Kuban, enquanto o CSKA recebe o Lokomotiv no clássico que pode definir o campeão. ANZHI REBAIXADO - Acabou o conto de fadas do Anzhi. Depois de perder os petrodólares que o colocaram no cenário mundial, o ex-time de Roberto Carlos foi rebaixado no Campeonato Russo. Jucilei, Traoré, Eto'o, Willian, Diarra e todos os outros jogadores nos quais o Anzhi depositou milhões de dólares já foram embora. Boa parte deles está no Dínamo de Mosocu.

Leia tudo sobre: clássicorussoRússiazenitdínamoagressãobrigatorcedores