Com Bernard no banco de Taison, Shakhtar Donetsk é campeão

Só na partida deste domingo, sete brasileiros atuaram e outros dois ficaram no banco de reservas, entre eles o ex-atleticano

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Shakhtar Donetsk contou com três gols brasileiros para vencer o Zorya Luhanskp por 3 a 1 e garantir o troféu com uma rodada de antecedência
Shakhtar Donetsk contou com três gols brasileiros para vencer o Zorya Luhanskp por 3 a 1 e garantir o troféu com uma rodada de antecedência

O mais brasileiro dos times europeus conquistou, neste domingo, o seu nono título ucraniano. Jogando diante de um estádio sem torcida, fora de casa, o Shakhtar Donetsk contou com três gols brasileiros para vencer o Zorya Luhanskp por 3 a 1 e garantir o troféu com uma rodada de antecedência.

Só na partida deste domingo, sete brasileiros atuaram e outros dois ficaram no banco de reservas. Na equipe está um dos convocados de Felipão, o atacante Bernard, ex-Atlético Mineiro. Mas o jogador, apesar de ter a confiança do técnico da seleção, hoje é reserva do Shakhtar. O titular na posição dele é Taison, ex-Internacional.

Sem condições financeiras de manter um time de futebol, o Arsenal de Kiev desistiu de disputar o Ucraniano, diminuindo o número de participantes para 15. Assim, cada time fará 28 partidas. Bernard, até agora, só fez oito jogos como titular, em 27 disputados pelo Shakhtar na competição.

Neste domingo, começaram jogando Alex Teixeira (ex-Vasco), Douglas Costa (ex-Grêmio), Fred, Luiz Adriano e Taison (todos ex-Inter). No segundo tempo entraram Bernard e Eduardo, brasileiro naturalizado ucraniano. Fernando (ex-Grêmio) e Ilsinho (ex-São Paulo) ficaram no banco.

Também passaram recentemente pelo campeão ucraniano o volante Fernandinho e o meia Willian, jogadores que defenderão o Brasil na Copa. O zagueiro Islamy, atualmente machucado, e os atacantes Dentinho e Wellington Nem, pouco utilizados, também participaram da conquista.

No jogo que valeu o título, o Shakhtar teve um pênalti para cobrar logo aos 12 minutos, em lance que culminou com a expulsão do goleiro adversário. Luiz Adriano converteu. O centroavante, ainda no primeiro tempo, faria o segundo. O Zorya descontou, mas Eduardo, nos acréscimos da etapa final, fez o gol do título.