Disputa proporcional pode impactar

iG Minas Gerais |

Um fator que deve pesar na escolha entre a candidatura própria do PSB e a aliança com o PSDB de Pimenta da Veiga é a coligação para a eleição de deputados estaduais e federais. Hoje, o PSB tem somente dois parlamentares na Câmara: Júlio Delgado e Stéfano Aguiar – este último foi eleito por outra legenda em 2010.  

Na Assembleia de Minas, são três os nomes: Antonio Lerin, Tenente Lúcio e Wander Borges, que foi secretário de Anastasia no governo do Estado. Segundo Delgado, a decisão pode impactar diretamente no número de parlamentares eleitos nos níveis estadual e federal.

Questionado se os pré-candidatos a deputado poderiam se opor a uma candidatura própria visando o crescimento da bancada, Delgado respondeu. “É uma tese forte. Em um contexto de candidatura própria, isso se restringe. É com essa responsabilidade que temos que tocar o partido, sem esquecer o objetivo principal que é garantir maior palanque para Eduardo (Campos) e Marina (Silva) em Minas”, avalia.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave