Vem aí mais uma corrida pela paz

Evento realizado pelo jornal Super Notícia tem por objetivo promover a inclusão social

iG Minas Gerais | dayse resende |

Reforço.Atletas profissionais estão presentes em todas as edições
FOTO: Athos Souza / Divulgacao
Reforço.Atletas profissionais estão presentes em todas as edições

Atletas de Minas Gerais, preparem-se! Vem aí mais uma edição do Circuito pela Paz, Corrida na Comunidade. O nome do aglomerado em Minas Gerais será divulgado nas próximas edições do jornal O TEMPO e por meio do site www.circuitopelapaz.com.br.

A corrida, que é realizada pelo jornal Super Notícia em parceria com a Assembleia Legislativa e o governo de Minas, vai acontecer no dia 25 de maio. Ao todo, serão disponibilizadas mil inscrições para as provas de 1 km e 5 km.

Idealizada para integrar, entreter e motivar, a disputa é simbólica, e todos ganham medalha ao fim da corrida. Já o primeiro colocado de cada categoria por faixa etária será premiado com R$ 100 em dinheiro.

A comissão organizadora também prevê premiação para os três primeiros colocados dos sexos masculino e feminino. Para o primeiro colocado, serão R$ 600; para o segundo, R$ 300; e, para o terceiro, R$ 150. Todos os inscritos que cruzarem a linha de chegada também receberão medalhas de participação. A primeira edição da corrida em 2014 aconteceu na Vila da Paz, no bairro Industrial, em Contagem, no dia 30 de março. O evento teve recorde de público. Acostumada a participar de grandes competições, a contadora Vera Lúcia Clemente, 49, marcou presença na festa ao lado de seu marido, Wilson Moreno, e da sua filha, Hayane Karolayne Clemente Moreno, de apenas 11 anos. “Essa é uma corrida diferente, que, além de incentivar o esporte, promove a inclusão. Sem dúvida, é um grande incentivo aos atletas amadores, deficientes e jovens”, disse Vera Lúcia. Sucesso.

Já a segunda edição do evento neste ano ocorreu no bairro Lagoa, na regional Venda Nova, em Belo Horizonte, no dia 25 de abril. Na avaliação da atleta amadora Maria Eliza Marangon, a corrida é um dos esportes mais democráticos. “O bom desempenho na prova depende exclusivamente do atleta. Basta apenas que ele tenha disciplina”.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave