Força dos reservas para quebrar tabu

iG Minas Gerais | Bruno Trindade |

O Cruzeiro não nega que, no momento, a prioridade do clube é passar às semifinais da Copa Libertadores e, por isso, poupará os titulares no clássico de hoje. Entretanto, o fato de não escalar o que tem de melhor não deixa a equipe estrelada menos competitiva. Muito pelo contrário. A qualidade do elenco no papel está se refletindo nas quatro linhas.  

O time B entrou em campo seis vezes e venceu todas elas, mantendo 100% de aproveitamento, força que já ganha até o reconhecimento dos adversários. “A gente chama de time B, mas o time é forte. Alguns adversários que a gente enfrentam falam que, pela qualidade, nosso time não tem reservas”, revelou o atacante Luan, que será titular hoje.

É essa força que o técnico Marcelo Oliveira quer usar para vencer no Horto. “Vamos novamente com essa possibilidade (de vencer e quebrar o tabu), mas principalmente para nos mantermos em primeiro lugar”, disse. 

 

 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave