Roberta Palermo

Terapeuta familiar Associação das Madrastas e Enteados

iG Minas Gerais | Litza Mattos |

Livro. Roberta é autora de “Madrasta – Quando o homem da sua vida já tem filhos”
Arquivo pessoal / Divulgação
Livro. Roberta é autora de “Madrasta – Quando o homem da sua vida já tem filhos”

É fácil de se relacionar com um homem que já é pai?

É fundamental que a madrasta preste muita atenção durante a etapa do namoro se dará conta de ser madrasta. Já deve detectar se o pai educa e dar boas dicas a ele. Sem brigar, sem criticar. É para ajudar.

Qual deve ser o papel da madrasta?

A madrasta deve participar de maneira positiva ao lado do namorado/marido quando a criança estiver em sua casa. Todos pensam que o sucesso da boa madrasta está apenas nas mãos dela. Mas está, na verdade, nas mãos do pai. Do pai que não tem medo da ex-esposa, não aceita chantagens e também educa a criança quando está em sua casa.

Quais são os desafios e dificuldades?

Mostrar ao pai a importância de ele educar a criança. A maior dificuldade é receber a criança em uma casa sem limites, regras e uma rotina com horários. As regras podem ser diferentes das da casa da mãe, mas precisam existir.

Por que decidiu criar a Associação das Madrastas e Enteados?

A AME existe há 12 anos para podermos ter um espaço de ajuda, de apoio para quem encontra dificuldade na relação com enteados. A maioria das madrastas que nos procuram é de jovens que estão com alguma dificuldade para se integrar com a criança. Conversamos diariamente no Fórum das Madrastas: http://madrasta.forumattivo.com

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave