Motivação de sobra para romper com o lugar-comum na carreira

iG Minas Gerais |

Miguel Thiré sempre tentou fugir do óbvio. Louro e de olhos azuis, o perfil clássico não chegou a ser um facilitador em sua carreira. No entanto, o ator gosta da motivação de provar que pode ir além de um “rostinho bonito” ou um sobrenome respeitado. “A TV cria imagens muito fortes. Mas é possível romper com isso. Gosto de fazer minhas loucuras no teatro, por exemplo”, conta.

Apesar dos traços finos, o ator tem aspirações altas para seus próximos projetos. O objetivo de romper com o lugar-comum é um dos principais argumentos de Miguel na hora de aceitar um papel. “Tenho desejo enorme de fazer trabalhos sobre o sertão brasileiro, favelas e outros contextos que os diretores nem me deixam fazer os testes”, almeja.

Natural do Rio de Janeiro, aos 31 anos, Miguel reconhece que a chegada da idade fez com que encarasse a profissão com mais seriedade. “Sou muito militar comigo mesmo. Gosto de me ver e sou muito crítico. Sinto muito tesão pelo meu trabalho e gosto da carga de responsabilidade. Me ajuda a criar”, aponta ele. (CB)

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave