Travica comemora título Mundial em sua primeira participação

Levantador do Belogorie Belgorod-RUS disse que equipe não jogou seu melhor vôlei e enalteceu vitória sobre Sada Cruzeiro, na primeira fase

iG Minas Gerais | DÉBORA FERREIRA |

O atual campeão do mundo acha que poderia ter feito melhor neste Mundial de Clubes. Os russos do Belogorie Belgorod vêm de uma temporada de muitos compromissos e títulos – campeão da Supercopa da Rússia, Superliga Nacional e Champions League -,e segundo o levantador italiano  Dragan Travica, poderia ter se saído melhor.

“Nós começamos muito mal. Normalmente neste torneio nós não jogamos nosso melhor vôlei, eu preciso falar a verdade. Nós estávamos no final da temporada, jogamos muito jogos, foram sete meses, muitos compromissos. É normal, nós aceitamos isso, e nós tentamos o melhor que nós podíamos. Isso foi suficiente para ganharmos esse campeonato, então isso é fantástico”, declarou o atleta que não conseguia esconder o sorriso por ter vencido o Mundial na primeira vez que em que participava do torneio.

Apenas um encontro aconteceu entre a equipe europeia e o Sada Cruzeiro, e os estrangeiros acabaram levando a melhor, ainda na primeira fase da competição. De acordo com Travica, ter batido a equipe celeste deu um sabor a mais à vitória, já que os cruzeirenses eram os campeões.

“Estou feliz porque acho que o Sada Cruzeiro é o melhor time – ou um dos melhores – neste torneio, e nós ganhamos. Nós jogamos contra eles e vencemos, então para nós é uma grande conquista”, declarou.