Pagenaud vence no circuito misto de Indianápolis

Piloto francês levou a melhor na quarta etapa da temporada

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

O piloto francês Simon Pagenaud largou na quarta posição do grip, adminstrou bem o combustível  de seu carro e conseguiu chegar a vitória neste sábado
Indy Car Series Oficial facebook/divulgação
O piloto francês Simon Pagenaud largou na quarta posição do grip, adminstrou bem o combustível de seu carro e conseguiu chegar a vitória neste sábado

Numa prova marcada por um forte acidente na largada, o francês Simon Pagenaud venceu neste sábado a quarta etapa da temporada da Fórmula Indy, disputada no circuito misto de Indianápolis, nos Estados Unidos. Hélio Castroneves conseguiu o terceiro lugar enquanto o outro piloto brasileiro na categoria, Tony Kanaan, terminou apenas na 10ª colocação.

Foi a primeira vez na história que aconteceu uma corrida da Indy no circuito misto de Indianápolis. Agora, a categoria voltará ao local para a disputa da próxima etapa do campeonato, dessa vez na pista oval, palco da tradicional 500 Milhas de Indianápolis, que será realizada no dia 25 de maio.

Mas a inédita prova no circuito misto de Indianápolis ficou marcada por um forte acidente na largada. Pole position pela primeira vez na Indy, o colombiano Sebastian Saavedra teve problema mecânico no carro e não conseguiu sair do lugar, sendo atingido por trás pelo também colombiano Carlos Munoz e pelo russo Mikhail Aleshin. Apesar da violência da batida, ninguém ficou ferido.

Sem o pole position Saavedra pelo caminho, Pagenaud soube economizar o combustível e, depois de ter largado na quarta posição, venceu a prova deste sábado. Apesar disso, o francês segue em terceiro lugar no campeonato, agora seis pontos atrás do australiano Will Power, que manteve a liderança após conseguir apenas a oitava colocação em Indianápolis.

O norte-americano Ryan Hunter-Reay permanece entre Power e Pagenaud na classificação do campeonato, após ter conseguido o segundo lugar na corrida deste sábado, quando também soube economizar combustível e suportou a pressão de Helinho.

O brasileiro terminou a prova em terceiro lugar, depois de ter largado em décimo, e parecia ter carro para chegar à vitória se tivesse mais voltas. Já Tony Kanaan, que começou a prova na nona colocação, cruzou a linha de chegada apenas na 10ª posição.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave