Candidato a 'Namoro na TV' confessa crimes e é expulso do programa

Sefer Calinak, de 62 anos, matou duas ex-companheiras, passou 14 anos preso e garantiu que não mataria a próxima

iG Minas Gerais | Da Redação |

Sefer disse que passou 14 anos na prisão e garantiu que não mataria sua próxima esposa
Divulgação/Internet
Sefer disse que passou 14 anos na prisão e garantiu que não mataria sua próxima esposa

Um candidato de um programa de namoro da TV turca foi retirado do programa depois de confessar ter matado duas mulheres. O caso aconteceu no canal Flash TV, e virou manchete na imprensa turca.

Segundo Sefer Calinak, de 62 anos, as vítimas foram suas ex-companheiras. A primeira, também sua prima, foi morta por ciúmes; a segunda mulher foi morta acidentalmente, enquanto ele manuseava um machado. Sefer, que passou 14 anos na prisão, disse que é um sujeito honesto, e garantiu que não mataria sua próxima esposa.

O grupo Hulya Ugur Tanriover, que monitora a mídia no país, criticou a decisão e disse que vai apresentar uma queixa oficial contra a emissora. Em sua opinião, a ficha criminal dos participantes deveria ser consultada antes da seleção dos mesmos.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave