Hamilton elogia Mercedes e Rosberg lamenta 2ª posição

Inglês obteve a melhor volta do Q3 nos últimos instantes do treino classificatório, desbancando novamente companheiro de equipe

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Lewis Hamilton segue dominando a temporada da Fórmula 1
PÁGINA OFICIAL/FACEBOOK/DIVULGAÇÃO
Lewis Hamilton segue dominando a temporada da Fórmula 1

Como vem se tornando recorrente na temporada, os pilotos da Mercedes tiveram reações opostas neste sábado, ao fim do treino que definiu o grid de largada do GP da Espanha de Fórmula 1. Lewis Hamilton festejou a quarta pole position seguida, enquanto Nico Rosberg não escondeu a decepção pela nova derrota no duelo direto contra o companheiro de equipe.

"Eu realmente tive que tirar tudo do carro e mais um pouco para conseguir a pole. E estou muito feliz por ter conseguido", festejou o piloto inglês, que venceu as últimas três corridas do ano. "O trabalho duro da equipe e o desenvolvimento do carro me inspiraram muito neste fim de semana. Nunca pude dirigir um carro com tal performance", exaltou.

Hamilton obteve a melhor volta do Q3 nos últimos instantes do treino classificatório, desbancando novamente Rosberg. A diferença de apenas dois décimos surpreendeu o piloto alemão. "Foi uma surpresa porque minha volta foi boa e pensei que tinha conseguido [a pole]", disse, ao admitir a decepção. "Claro que nunca o subestimei porque eu sabia que ele não estava forçando tudo".

"Terei um pouco de desvantagem por largar em segundo, mas será uma reta tão longa até a primeira curva que eu espero ter uma largada melhor para ultrapassar Lewis amanhã", projetou Rosberg, gerando expectativa por um novo duelo entre os companheiros de equipe, como já aconteceu no GP do Bahrein.

Se depender da Mercedes, a dupla terá nova oportunidade para disputar cada metro do traçado neste domingo. "Queremos que aquela disputa no Bahrein aconteça em toda corrida! Com certeza isso vai significar mais cabelos brancos em nós, mas é disso que se trata o automobilismo. E é assim que queremos continuar. A disputa no automobilismo é a nossa filosofia, mas sem perder de vista que a equipe vem em primeiro lugar", disse Toto Wolff, diretor executivo da Mercedes, neste sábado.

Leia tudo sobre: automobilismofórmula 1hamiltonmercedesrosberg